Destaques

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Brasil bate recordes de gastos com a copa 2014

Copa 2014 - Brasil - Estádios
Estádio do Corinthians, em Itaquera, tem custo avaliado em R$ 600 milhões
A Copa do Mundo no Brasil, em 2014, deve ser a mais cara da história em termos de investimento em estádios, revela o jornal Estado de S. Paulo. A publicação cruzou dados dos últimos Mundiais e concluiu que a previsão de gastos do país (que já passa de R$ 5 bilhões) coloca o Mundial brasileiro como o mais custoso dos últimos tempos.
A Alemanha, por exemplo, gastou praticamente a metade desse valor para fazer a Copa de 2006. O Mundial da África do Sul, neste ano, custou cerca de R$ 4 bilhões. Inicialmente, a previsão era de que a construção e reforma de estádios brasileiros para o Mundial custariam por volta de R$ 3,7 bilhões.
A comparação com o gasto previsto pelos candidatos a sediar as Copas de 2018 e 2022 também mostra que o Brasil deve gastar mais do que os países que receberão os próximos mundiais. Apenas a Rússia prevê gastos maiores do que os do Brasil – na casa dos R$ 6,5 bilhões. Espanha e Portugal, por exemplo, preveem gasto de R$ 3,5 bilhões para receber o Mundial de 2018 – os países pleiteiam candidatura conjunta. A Inglaterra, outra candidata, estima gastos semelhantes. Já o Qatar fala em gastar pouco mais de R$ 5 bilhões para construir 13 estádios para o Mundial de 2022. (R7)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.