Destaques

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Bombeiro morre e agradece Corporação depois de morto. Veja e Comprove!


1ª Psicografia do Walack Alexandre de Sousa



WALACK ALEXANDRE DE SOUSA
Wendell, meu irmão, obrigado por esta procura, e eu 
respondo por este seu carinho com algumas palavras que
 espero possam auxiliar o coração querido da mamãe 
Margarida e do papai Avelino, o nosso Lino.
Dizer que é fácil aceitar o que vem acontecendo 
com esta nossa suposta distância, digo suposta
 porque não é da mesma forma que nos encontramos, 
não sei..., mas você imagina o futuro de uma forma, e de
 um momento para outro parece que temos que apagar 
toda a nossa programação, e iniciar noutra direção.
Mas estou bem quanto ao que me aconteceu com a moto.
Bati em cheio com a máquina, e naquele buraco perdi o 
controle e fui de cabeça ao chão.
Não posso dizer muito sobre o que me aconteceu após a queda,
 mas o que digo a você é que foi difícil saber que havia deixado o corpo.

Você sabe do meu sacrifício para me tornar um bombeiro, pronto à
 disciplina militar...
Encaixei-me no que queria, e iniciei a construção de 
minha casa para contrair matrimônio com a querida Cássia, e
 daí senti que perdia todos os meus sonhos.
Graças a minha fé encontro com as forças que Deus me oferece, 
e vou encontrando amigos, e fazendo de cada dia uma nova proposta
 em minha vida.
É bom receber as lembranças carinhosas dos meus.
É bom receber as bênçãos da mamãe Margarida, do papai Avelino.

Tudo me chega como notícia de confiança.
Estou firme, e preciso me manter firme.
Meu abraço meu irmão, meu amigo.
Meu carinho à nossa irmã Lú, a nossa Luciana.
Meu desejo de alegria e paz para a Cássia.
Meu agradecimento às referências dos amigos da Corporação
 do Corpo de Bombeiros¹.
Pedindo a Deus que nos abençoe a todos, deixo com vocês o carinho,
 o respeito, e a gratidão que eternamente estará comigo, principalmente,
 a minha gratidão pela nossa bondosa mãe e nosso pai.
Mais uma vez, obrigado Wendell.
Fica com Deus.
Walack Alexandre de Sousa.
MENSAGEM PSICOGRAFADA PELO MÉDIUM CELSO DE 
ALMEIDA AFONSO, EM REUNIÃO PÚBLICA, 
NA NOITE DO DIA 10/10/2011, NO CENTRO ESPÍRITA “AURÉLIO 
AGOSTINHO”, À AV. LUCAS BORGES, 61 – UBERABA – MG.

Esclarecimentos:
  • Margarida e Avelino — Pais;
  • Wendell — Irmão;
  • Lú (Luciana) — Irmã;
  • Cássia — Noiva;
  • ¹ — Walack, 28 anos, era bombeiro, e recebeu uma bela homenagem da
  •  Corporação do Corpo de Bombeiros, a qual poderá ser vista no Youtube.
Comentário:

O soldado Walack recebeu o prêmio de "Bombeiro Destaque" no ano de 2008,
 dentro da semana Nacional do Bombeiro, que aconteceu em julho, morreu 
aos 28 anos, após um trágico acidente de moto. Walack morreu após cair da
 sua moto. Ele estava trafegando em sua moto Honda Twister, pela Avenida
 Niza Marques Guaritá, Manoel Mendes, quando em determinado momento 
virou-se para trás e acabou colidindo com o canteiro central, caindo do veículo. 
Quando os bombeiros do salvamento se depararam com Walack, perceberam 
que a situação era grave, pois ele apresentava quadro de traumatismo craniano 
e trauma na coluna cervical, e apesar dos esforços de todas as pessoas envolvidas 
para tentar salvar a vida de Walack, ele acabou morrendo no início da madrugada.
fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.