Destaques

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Cinegrafista da Band morre em operação policial no Rio

Durante um tiroteio entre traficantes e policiais na comunidade Antares, na zona oeste do Rio, o repórter cinematográfico da TV Bandeirantes Gelson Domingos da Silva, de 46 anos, levou um tiro de fuzil no peito. Uma equipe de jornalismo da Record estava no local e acompanhou tudo. Gelson foi levado em uma viatura para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. O colete à prova de balas que a vítima usava não resiste a tiros de fuzil. Em nota, o Grupo Bandeirantes lamentou a morte do funcionário. Gelson deixa esposa, três filhos e dois netos. O caso teve repercussão na imprensa internacional e abriu o debate sobre os riscos da profissão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.