Destaques

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Holanda proíbe estrangeiros de fumar maconha

Os turistas que escolhiam a Holanda como destino devido à facilidade de acesso à maconha e a legalização do seu consumo vão ter de procurar outro lugar. Começou a valer nessa segunda-feira uma lei que veta a entrada de viajantes aos coffeeshops, como são chamados os cafés onde a droga podia ser usada livremente.

Obrigadas a se transformar em clubes fechados com no máximo 2 mil membros, as lojas estarão abertas somente para holandeses ou estrangeiros residentes no país. O que para o governo é uma restrição ao “turismo do baseado” é visto por muitos proprietários como o fim do seu negócio.

“É uma arma para acabar com os coffeeshops, e se continuar assim terei que fechar”, protestou Miranda de Bruin, dona de um estabelecimento na cidade de Roterdã, à agência de notícias Efe.

O governo, por outro lado, alega que está dando ao comércio o tempo necessário para a adaptação, já que a lei está aprovada desde o primeiro semestre do ano passado e será implantada de forma progressiva. “A norma será aplicada primeiro a três províncias do sul para se estender ao restante do território nacional apenas em 2013”, explicou a porta-voz do Ministério da Justiça, Charlotte Mensen.

O governo holandês pretende, também, incluir a maconha com mais de 15% do seu princípio ativo na lista de drogas pesadas.  fonte band

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.