Destaques

sábado, 3 de março de 2012

“Só é preso quem quer!” Recomendo Leitura

Indicação de leitura - entenda como a impunidade é "fabricada" no Brasil e "direcionada" aos ricos: “Só é preso quem quer!”. O autor é Promotor de Justiça em Minas Gerais e defende ideias que se alinham com meu modo de pensar.
Quase que diariamente nos deparamos com notícias de fatos que envolvem crimes graves. Como regra, os parentes das vítimas, ao serem entrevistados pelos meios de comunicação, clamam por justiça. Essa palavra - justiça - encontra-se em um processo de profundo desgaste. Hoje em dia, a população já não mais acredita que a justiça será feita, uma vez que, como quase sempre acontece, os ricos permanecem soltos, e os pobres presos, mesmo que por fatos de pouca ou nenhuma significância. 

O autor atento a esses acontecimentos traz ao público sua visão crítica, fazendo uma incursão perfeita sobre os mais interessantes e diversos temas envolvendo o ´mundo do crime´, (...) nos permite fazer um passeio pelo sistema criminal brasileiro, respondendo às indagações de um público que não está acostumado com o chamado ´juridiquês´. 

O livro tem o mérito, portanto, de fazer com que a população entenda, de forma clara e precisa, as "mazelas do direito pena"´, por que ricos e pobres são tratados de forma diferente, por que a justiça é lenta e injusta, ou seja, traduz, como um verdadeiro conhecedor do tema, aquilo que os juristas preferem ocultar. (Rogério Greco, procurador de Justiça, autor de obras de Direito Criminal) 


 OBS: DESTINADO AO PÚBLICO AMPLO (NÃO APENAS AOS JURISTAS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.