Destaques

terça-feira, 19 de junho de 2012

A Experiencia - Dublado - Completo

Resenha do filme:
A Experiência
O filme retrata historia em que uma equipe de cientistas reúne vinte pessoas para uma experiência psicológica em troca de um prêmio em dinheiro. As pessoas vão ficar isoladas do convívio social, como que prisioneiros. Os prisioneiros são divididos em dois grupos: oito deles fazem o papel de guardas e os outros 12, de internos. As cobaias são isoladas numa área da penitenciária onde certas regras devem ser obedecidas e mantidas pelos guardas.
No início, a camaradagem reina no ambiente. Mas a violência não tarda a explodir quando um ex-repórter disfarçado de preso lidera um motim. Os guardas reagem com brutalidade crescente.
No começo da simulação ambos os guardas e presos estão levando o experimento para o lado da diversão, porém ao serem confrontados pelo pesquisador sobre a manutenção da ordem começam a levar o experimento a sério. A partir do momento que as regras tentam ser transgredidas, a violência toma conta da penitenciaria. Alguns dos presos começam a sofrer transtornos psicológicos, devido ao isolamento social.
Podemos afirmar que a violência se deu inicio graças ao isolamento social, a falta de convívio e relacionamento com outras pessoas, pois o ser humano é um ser sociável, ele foi feito para viver em sociedade.
Com o passar dos dias, a violência e a agressividade se espalham, e tornam-se descontroladas. De um lado os “presos” reprimidos e humilhados, e do outro, “guardas” abusando do poder. A experiência vira um caos, e foge do totalmente do controle dos cientistas.
Com tais situações e conflitos, podemos chegar à conclusão de que o fator gerador foi o ‘isolamento social” em que as pessoas foram sujeitadas. As pessoas que participaram do experimento, sofreram transtornos psíquicos afetando sua personalidade, e por conseqüência modificando seus hábitos e suas características pessoais.
É correto afirmar que o ser humano longe da sociedade e do convívio social, pode herdar características totalmente irracionais, agindo por instinto e por impulsos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.