Destaques

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Policial assassinado pela própria esposa

Uma vendedora de 30 anos confessou ter matado seu marido, um policial militar de 31 anos, que estava desaparecido desde o último dia 16. Ela foi apresentada na Delegacia de Várzea Paulista, na madrugada desta sexta-feira (31), por policiais militares da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), que receberam uma denúncia sobre o caso.

A vendedora foi ouvida pela Polícia Civil e, durante o depoimento, confessou ter matado o marido. Ela contou que dopou o policial com sonífero. O remédio foi colocado em sua comida e suco. O homem começou a passar mal e ela disse que o levaria ao hospital. Porém, no meio do caminho, parou o carro e atirou na cabeça do marido.

Em seguida, colocou fogo no corpo dele, que ficou parcialmente carbonizado e o abandonou em um terreno baldio, na estrada do Mursa. Ela revelou que dias antes já havia feito o trajeto. A Polícia Civil acionou a Corregedoria da Polícia Militar e o Canil da Guarda Municipal de Jundiaí. A equipe foi até o local onde estava o cadáver e encontrou o homem totalmente nu.

A arma foi encontrada em um rio, distante do terreno baldio. Outros objetos do soldado, entre eles um cinturão e um coldre, foram achados na estrada que liga Várzea Paulista a Campo Limpo Paulista. Dois pentes de munição, documentos do PM e a caixa do sonífero também foram apreendidos.

Foi feita perícia no local e o corpo do PM foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) para realização da necropsia. A Justiça decretou a prisão temporária de 30 dias da vendedora. Ela foi encaminhada à Cadeia Pública de Itupeva e terá a prisão preventiva requisitada.

 

O caso
Na madrugada do dia 16, o policial desapareceu no município de Várzea Paulista, a 54 km de São Paulo. Segundo outro policial militar, o soldado prestava serviços em São Paulo e estava fazendo um curso. Porém, ele não apareceu nas aulas nem no trabalho.

Na ocasião, a mulher foi até a delegacia registrar o suposto desaparecimento do marido. Ela disse que tentou entrar em contato com ele, mas a ligação só caía na caixa postal.
Assista ao vídeo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.