Destaques

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Um advogado é detido com celular na muleta para preso

Um advogado de Araraquara foi detido no Fórum da cidade com celulares e carregadores na tarde desta segunda-feira. Segundo informações preliminares, os itens estavam em uma muleta que seria entregue ao um detento da Penit

Os celulares encontrados na muleta
Foto: Divulgação
enciária local, que prestava depoimento no Fórum.
O material foi detectado durante a vistoria feita a todos os objetos levados para os presos. A muleta de metal e madeira pareceu muito pesada aos policiais e foi aberta. Dentro dela, havia seis celulares e carregadores.
Segundo a polícia, o detento, que cumpre pena por ferir a Lei Maria da Penha e estava prestes a ser libertado, usava uma muleta que quebrou a caminho do Fórum. Ele, no entanto, não se preocupou e disse que a mãe levaria outra para ele lá mesmo.
Em seguida, apareceu o advogado dizendo ter sido abordado pela mãe do rapaz na entrada do prédio pedindo que ele entregasse a muleta ao filho.
Desde as 15 horas, o detento, o advogado, o segurança da entrada do Fórum e outros dois da área interna estão prestando depoimento na Delegacia de Investigações Gerais (DIG), na Vila Xavier.
Os delegados responsáveis pelo caso, Elton Negrini e Fernando Bravo, ainda não se manifestaram oficialmente. No entanto, tudo indica que o advogado será preso. No local, já está um camburão. Além disso, um representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) esteve no local e declarou que já ia entrar com um pedido de habeas corpus para o advogado. No entanto, segundo informações extra-oficiais, o habeas corpus não foi concedido e ele deverá cumprir prisão domiciliar por formação de quadrilha e facilitação de entrada de aparelhos eletrônicos na Penitenciária.
veja as declarações do advogado abaixo:

Um comentário:

  1. oi, pessoal, este texto é do portal k3, de Araraquara. Por favor, coloquem nossos créditos. Abraços, Fernanda Miranda

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.