Destaques

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Após processo de PM's, Rita Lee terá que pagar indenização de R$40 mil

Denunciada por 35 PMs por apologia ao crime e desacato a autoridade, a cantora Rita Lee terá que pagar R$40 mil reais após realizar um acordo judicial. A proposta inicial, feita pelo promotor Ricardo Machado Oliveira, era que o valor do acordo fosse de R$ 115 mil, em favor do Fundo Municipal para Criança e Adolescente da Barra dos Coqueiros, mas o total foi reduzido durante o acordo com a cantora. A cantora também está proibida de se ausentar por mais de 30 dias de São Paulo sem uma autorização judicial, pelo período de dois anos. Rita Lee foi denunciada em 28 de janeiro, quando realizou uma apresentação na praia de Atalaia Nova, região metropolitana de Aracaju. Na ocasião, inconformada com a presença de policiais militares, que revistavam os espectadores do show para reprimir o uso de drogas, Rita ironizou os PMs e pediu para eles se acalmarem e "fumarem um baseadinho". Sem a saída dos policiais, a roqueira continuou com as agressões, sendo detida logo após o show.