Destaques

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Depois de cadastro e veto, Polícia Militar de MG volta atrás e libera máscaras do Pânico

REPRODUÇÃO





















quinta-feira, no Independência, às 22h, pelas quartas de final da Copa Libertadores. 

Inicialmente, nessa terça-feira, a PM informou que os torcedores com as máscaras seriam cadastrados na porta do estádio. Na manhã desta quarta, contudo, a corporação, segundo palavras do Coronel Antônio Carvalho, vetou o uso delas por motivo de segurança. Mas, minutos depois, a posição seria reconsiderada. Assim, nem o veto tampouco o cadastro serão adotados.

“A informação é que o comandante do policiamento especializado, coronel Carvalho, está reconsiderando e que as atenções continuarão voltadas para a segurança de todos que comparecerem ao estádio, sem a restrição de uso interno de máscara. Todos serão vistoriados na entrada, e o que se espera do torcedor é comportamento festivo e de incentivo ao seu time. Que esta máscara não seja motivação para nenhum tipo de enfretamento ou violência”, disse o assessor de comunicação da PM, coronel Alberto Luis.

De acordo com o militar, o esquema de segurança não será comprometido por causa do uso das máscaras por milhares de atleticanos. “É jogo de torcida única. A máscara será para o torcedor se divertir. E caso aconteça algum problema, a polícia militar estará atenta a tudo”, acrescentou o assessor de comunicação.

A máscara do 'Pânico' é um complemento ao famoso bordão "Caiu no Horto, tá morto", que vem sendo gritado pela torcida do Atlético nos jogos da equipe. Desde a reinauguração do Independência, o time não perdeu no estádio.

O atacante Diego Tardelli, por meio de seu perfil no Twitter, resolveu apoiar a campanha. A ideia é que a torcida vá ao jogo contra o Tijuana, nesta quinta-feira, às 22h, no Independência, pela Libertadores, com roupas pretas e a famosa máscara da "morte", que ficou conhecida após o sucesso do filme "Pânico".

Rapidamente, os estoques das principais lojas foram esgotadas. Milhares de máscaras já foram vendidas.
fonte superesportes