Destaques

sábado, 11 de maio de 2013

Imagem da Semana

Foi publicada no BGPM 35, de 09 de maio de 2013, a nova resolução da jornada de trabalho na Polícia Militar, mas como podemos notar, já há muitas reclamações sobre algumas escalas, que mais se assemelham a um regime de semi-escravidão, como a que estabelece o turno de 12 horas de trabalho.


Chamamos atenção dos policiais  militares, para manifestar sua indignação e descontentamento com está odiosa resolução, e que estejam prontos e mobilizados para comparecerem à Assembleia Legislativa, para apoiarem e pressionarem democrática e pacificamente pela aprovação do projeto de lei, que trata da regulamentação da jornada, pois assim conquistaremos a alforria da escravidão, que nos vem sendo imposta por longos anos, sem qualquer compensação para os excessos e sobre carga de trabalho, que se tornaram habituais e comuns nas instituições militares estaduais.
Não podemos ser sacrificados e exigidos, além daquilo que é humanamente possível para prover a segurança dos cidadãos, somos seres humanos que também necessitam de descanso para recompor as forças e energias para exercer com dedicação, zelo, e desprendimento o nobre mister de proteger e levar tranquilidade e segurança aos cidadãos de Minas Gerais.