Destaques

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Ponto de vista: Responsabilidade de todos

jornal hoje metro news
Discursos que são aulas
Tive a rica oportunidade de aprender e estudar sobre a importância histórica e cultural de lermos e relermos discursos.
É extraordinário podermos refletir e retornar mentalmente às possíveis circunstâncias que motivaram uma fala solene.
Se pensarmos no rascunho, na primeira versão, no olhar fraterno que leu as palavras iniciais e que conhece as virtudes do autor, no parágrafo que entrou na última hora, na acomodação do local, no improviso da forte emoção, na marca e no estilo tênues que nos tornam únicos, de tempos em tempos voltaremos aos excepcionais discursos.
Compartilho com meus “leitores em trânsito” a rica pérola “I have a dream – Eu tenho um sonho” deixada por Martin Luther King.
Nas primeiras linhas ele registrou “Esse momentoso decreto foi como um raio de luz de esperança para milhões de escravos negros que tinham sido marcados a ferro nas chamas de vergonhosa injustiça.”
Um pouco mais a frente “Nós nos recusamos aceitar a ideia, porém, de que o banco da justiça está falido. Recusamos acreditar não existirem fundos suficientes nos grandes cofres de oportunidades desta Nação.”
“Devemos conduzir sempre nossa luta no plano elevado da dignidade e disciplina. Não devemos deixar que nosso criativo protesto se degenere em violência física. Sempre e cada vez mais, devemos nos erguer às alturas majestosas de enfrentar a força física com a força da alma.”
Continua o orador “Voltem ao Mississipi,…voltem às favelas e aos guetos de nossas modernas cidades, sabendo que, de alguma forma, esta situação pode e será alterada”.
Este eloquente discurso completou cinquenta anos no mês passado, mas continua ecoando “Tenho um sonho que meus quatro pequenos filhos viverão um dia em uma nação onde não serão julgados pela cor de sua pele, mas pelo conteúdo de seu caráter”.
A humanidade coleciona discursos que são aulas e proporcionam novos olhares diante de antigos fenômenos.
Efetivamente é uma rica ferramenta para reflexão da ininterrupta marcha humana. Simples assim!
postagem enviada 
Prof. Ronilson de Souza Luiz - doutor em Educação / Capitão da PM

BLOG DO PROF. DR. RONILSON LUIZ

http://capronilson.wordpress.com