Destaques

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

25% dos acidentes de carro estão relacionados ao uso de celular ao volante

Estudo americano aponto os riscos da prática que também causou o acidente de trem na Espanha

O acidente de trem na Espanha, causado pelo maquinista que falava ao celular, matando 79 pessoas, evidencia, mais uma vez, o risco que é a utilização do aparelho simultaneamente à condução de um veículo.
De acordo com recente relatório do National Safety Council, o conselho de segurança dos Estados Unidos, 25% dos acidentes de carros estão relacionados ao uso de celulares na direção, prática que faz com que a percepção das informações do ambiente caia pela metade. E se a pessoa está enviando uma mensagem de texto, a desatenção e o risco tornam-se ainda maiores do que se  estivesse embriagada.
No Brasil, apesar de a fiscalização em relação à embriaguez ao volante ter aumentado e o ato de falar ao celular e dirigir simultaneamente ter se tornado infração grave este ano, as pessoas ainda não estão inteiramente conscientes dos riscos envolvidos no envio de mensagens de texto nessas horas.
Para tentar mudar essa percepção, a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) lançou no ano passado uma campanha para alertar os motoristas. Veja abaixo o vídeo da campanha.