Destaques

segunda-feira, 7 de abril de 2014

MP do Pará pede prisão de líderes da mobilização de PMs


O Ministério Público do Estado do Pará (MPE/PA), através do promotor Armando Brasil, solicitou, nesta segunda-feira (7), a prisão preventiva dos líderes da manifestação dos policiais militares. Ao todo, serão expedidos 23 mandados de prisão.

Segundo o MPE, o pedido foi feito com base da necessidade de garantir a ordem pública e da exigência da manutenção das normas e princípios hierarquia e disciplina militares.

De acordo com o promotor Armando Brasil, o pedido já foi feito. "Solicitei a prisão preventiva dos líderes e amanhã deve ser decretado. Eles podem ainda ser expulsos da tropa", explica.

O documento do MPE destaca que "o movimento iniciado fere a legislação em vigor, com a prática do crime de motim". O MPE divulgou a lista com apenas 19 nomes.

Segue lista de policiais que podem ter mandado de prisão decretado:

3º sargento Walcir da Silva Corrêa, do 6º Batalhão
Soldado Tércio Júnior Sousa Nogueira, 6º Batalhão
Soldado Luiz Fernando Passinho da Silva, CCS
Soldado Antonio Carlos Leal Alves, 6º Batalhão
Soldado Adriano da Silva Ribeiro, 6º Batalhão
Soldado Moises Ferreira da Silva Duarte, 6º Batalhão
3º sargento Aldoberto Ferreira da Silva, do 6º Batalhão
Cabo Augusto Cesar Correa Leal, 6º Batalhão
Soldado Ernani Rogério Silva da Costa, 6º Batalhão
Soldado Paulo Cesar Serra Necy, do 6º Batalhão
Soldado Denise Souza da Silva, 6º Batalhão
Cabo Carlos André Fonseca da Cunha, 6º Batalhão
Soldado Deylon Lima Miranda, 6º Batalhão
Cabo Edson da Silva Amaral, 6º Batalhão
Cabo Luciano Lobato de Lima, 6º Batalhão
Cabo Lucivaldo Brito 6º Batalhão
Soldado Fernando Magno Ramos, 6º Batalhão
Soldado Josemir Pinho Ferreira, 6º Batalhão
Cabo Sandro Augusto Palheta Portal, 6º Batalhão

fonte blog pec300