Destaques

sábado, 10 de maio de 2014

Maria Batalhão


Maria Batalhão

Recém formado na Academia da Polícia Militar, um aspirante foi lotado numa cidade do interior de Goiás.
Mesmo sendo inexperiente, foi colocado para comandar o batalhão local.
Todo cheio de si, se achando 'o cara', 'carne nova no pedaço', não demorou e virou alvo das 'Marias Batalhão'.
E uma delas, a mais linda da cidade, caiu nas graças do aspirante, que não perdeu tempo e foi logo oficializando o namoro, afinal ela era linda demais.
Certo final de semana, o aspirante deixou a linda namorada em sua casa, se despediu e saiu para mais um plantão noturno. Crente de que a moça ficaria em casa dormindo.
No meio da madrugada receberam uma denúncia de um veículo suspeito parado em determinado local, com ocupantes em seu interior em atitudes suspeitas.
A viatura do aspirante chegou até o carro e os vidros estavam embaçados, sendo impossível a visualização do seu interior.
Então este ordenou que os ocupantes saíssem do veículo, com as mãos onde pudessem ser vistas.
Passados uns minutinhos, eis que sai um negão com a cara mais deslavada do mundo e logo atrás a linda e formosa namorada do aspirante, descabelada e ainda abotoando a roupa.
Nada mais foi dito.
Encerrado pelo local.