Destaques

sábado, 3 de maio de 2014

Registro de acidente de trânsito sem vítima pode ser feito pela internet

Motoristas envolvidos em acidentes de trânsito sem vítima poderão registrar ocorrência pela internet a partir das 18h desta quarta-feira (30) em Minas. Entra em operação nesta noite a Delegacia Virtual, que promete reduzir as horas de espera por atendimento e longas filas que predominam em distritos policiais em todo o Estado. Com a ferramenta, a Polícia Militar não precisará mais ser acionada antes do caso chegar à Polícia Civil. Ao digitar todos os dados exigidos, o motorista deve receber o número do registro da ocorrência (Reds) em 15 minutos.

O acesso pode ser feito pelo endereço da Delegacia Virtual (delegaciavirtual.sids.mg.gov.br) ou pelos sites do Detran (www.detran.mg.gov.br) e da Polícia Civil (www.policiacivil.mg.gov.br). O acesso também será permitido via tablet ou celular, do próprio lugar da ocorrência.

O chefe da Polícia Civil, Oliveira Santiago Maciel, destaca o ganho em produtividade esperado na corporação. Em 2012 foram 180.718 acidentes sem vítima em Minas. O número subiu para 187.443 no ano passado.

— Imagine que 187 mil pessoas não precisarão mais ir a uma delegacia ou acionar a PM por esse motivo.
Para o governador Alberto Pinto Coelho (PP), a agilidade deve ser sentida em breve por quem precisar do registro online.

— De um lado, facilitamos e agilizamos os registros de casos sem violência e, de outro, liberamos mais policiais para o policiamento ostensivo, no caso da Polícia Militar, e para a investigação, no caso da Polícia Civil.
Fraudes

Com investimento de R$ 2 milhões, a Delegacia Virtual terá 16 analistas para verificar a triagem das informações recebidas 24 horas por dia. A superintendente adjunta de Informações e Inteligência Policial, Yukari Miyata, destaca o sistema para evitar fraudes.

— Ludibriar a administração pública ou fazer falso registro de fatos são crimes e os envolvidos poderão responder judicialmente.
fonte R7