Destaques

sábado, 2 de agosto de 2014

CAMPANHA CONTRA A HEPATITE C


Dia 28 de julho é o dia mundial de luta contra as hepatites virais, durante este mês, Centro de Referência Controle e Tratamento de DST/AIDS,CRCT/AIDS, dando continuidade ao trabalho de prevenção as DST/AIDS e hepatites virais, elaborou a da Campanha Dia Mundial de luta contra as hepatites virais com o tema: “AS HEPATITES PODEM ESTAR ONDE VOCÊ MENOS ESPERA”.

ENTENDENDO A DOENÇA

A hepatite é a inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. É uma doença  silenciosa que nem sempre apresenta sintomas, mas quando aparecem podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.
No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C, existem ainda, os vírus D e E, mais frequentes na África e na Ásia, respectivamente.
Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem. Elas correm o risco das doenças evoluírem (tornarem-se crônicas) e causarem danos mais graves ao fígado como cirrose e câncer. Por isso, é importante ir ao médico regularmente e fazer os exames que detectem as hepatites.

Para saber se há a necessidade de realizar exames que detectem as hepatites observe se você já se expôs a algumas dessas situações:

Contágio fecal-oral: condições precárias de saneamento básico e água, de higiene pessoal e dos alimentos, (vírus A e E).
Transmissão sanguínea: praticou sexo desprotegido, compartilhou seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos que furam ou cortam (vírus B,C e D).
Transmissão sanguínea: da mãe para o filho durante a gravidez, o parto e a amamentação (vírus B,C e D) .

Prevenção

Adoção de medidas de higiene, como lavar as  mãos, cuidados com a alimentação, principalmente com o consumo de alimentos crus e frutos do mar, sobretudo em viagens.
Vacinar contra as hepatite A e hepatite B que também previne contra a hepatite D.
Não compartilhar objetos perfuro cortantes.
Realizar exames de pré natal.
Uso de preservativos em todas as relações sexuais.

Atenciosamente,  Equipe do CRCT/AIDS

Não cuidamos só da saúde.N ó s   c u i d a m o s   d a s
P E S S O A S

EQUIPE - CRCT
Viver com AIDS é possívelCOM O PRECONCEITO NÃO
Centro de Referência Controle e Tratamento de Doenças Infectocontagiosas
CRCT/AIDS/HM
Telefone: 3071-5298 --- E mail: crctaidspmmg@yahoo.com.br --- PA admisnistrativo : CRCT/AIDS
NOVO ENDEREÇO
Endereço para correspondência
Av. do Contorno, nº 2.787
Cidade:Belo Horizonte UF: MG CEP:30.110-013
Entrada do Hospital Militar para ir ao CRCT
Rua Pacifico Mascarenhas S/Nº,  ao lado do Shopping Boulevard
3º andar, SALA 9 e 11.