Destaques

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

IMAGENS MUITO FORTES: ARMADA E PERIGOSA: VÍDEO MOSTRA MULHER MATANDO COMPARSA COM TIRO NA CABEÇA


Momento da execução
Luciana Ferreira da Silva, 35, suspeita de participar do latrocínio (roubo seguido de morte) do agiota Jailson Teixeira Maciel, 45, crime ocorrido no condomínio Jardim Europa, no bairro Ponta Negra, na Zona Oeste, aparece em um vídeo atirando contra a cabeça de um homem identificado como Silvio Henrique Batista Sales.

O crime teve a participação de mais três pessoas, sendo que pelo menos um dos suspeitos que aparecem no vídeo, também atira contra a cabeça de Silvio. O corpo foi encontrado no dia 9 deste mês, no quilômetro 30 do ramal Água Branca, na rodovia AM-010 (Manaus-Itacoatiara), onde ocorreu o crime.

Silvio Henrique minutos antes de ser executado por Luciana e um comparsa (Foto: Reprodução)

As cenas gravadas com um celular mostram a vítima de joelhos sob a ameaça de várias armas. No momento da execução, o revólver de Luciana falha duas vezes. Na terceira tentativa, ela acaba atingindo o homem com um tiro na cabeça. Em seguida, um cúmplide dela dá mais três tiros na vítima, todos na cabeça.


 
Luciana Ferreira da Silva é acusada de vários crimes (Foto: Reprodução / Internet)

O delegado tirular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, Paulo Martins, disse que Luciana atraiu Silvio Henrique para um suposto assalto que a quadrilha iria realizar. No entanto, o homem seguiu para uma emboscada. No local do crime, Luciana, acompanhada de outros três homens, renderam a vítima e efetuaram a execução.

Em depoimento à polícia, Luciana afirmou que havia emprestado cerca de R$ 3 mil e a vítima se recusava a pagar o valor. Ela relatou ainda que os dois chegaram a discutir e que foi agredida pelo homem. "Ele passou a perna várias vezes em mim. Deu uma coronhada na minha cara", disse Luciana.

Outra versão relatada pela suspeita aponta que o homem foi morto por ter abusado sexualmente de uma adolescente de 12 anos.

O envolvimento dos outros três suspeitos presos pela morte no condomínio será investigada.

Corpo da vítima foi encontrado na rodoviia AM-010 (Fotos: Divulgação / Polícia Civil)