Destaques

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

PF INTIMA SERRA A DEPOR SOBRE CARTEL DO METRÔ

O ex-governador de São Paulo e atual candidato do PSDB ao Senado, José Serra, foi intimado pela Polícia Federal a depor sobre o cartel de trens e metrô que vigorou em gestões tucanas desde 1998.
As investigações querem saber se Serra atuou a favor das multinacionais CAF e Alstom, conforme indicam e-mails e o testemunho d o executivo Nelson Branco Marchetti. Serra e o ex-secretário dos Transportes Metropolitanos José Luiz Portella teriam pressionado a Siemens a desistir de medidas judiciais para anular a vitória da espanhola CAF, em um certame para o fornecimento de 320 vagões. Caso a alemã avançasse nas ações judiciais, Serra anularia a licitação, segundo o delator.
O depoimento foi marcado para 7 de outubro, logo após a votação do primeiro turno das eleições.
Assessoria de Serra disse que "estranha muito a inclusão do nome dele nesse inquérito às vésperas da eleição, sobretudo depois que o Ministério Público Estadual, e até o procurador-geral de Justiça, arquivaram a mesma investigação".