Destaques

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Suspeito de roubo posa com farda da PM e diz ser 'gostoso' no Facebook

Foto foi publicada na página pessoal do suspeito no Facebook (Foto: Reprodução/Facebook)
Foto foi publicada na página pessoal do suspeito no Facebook e divulgada pela polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um jovem preso por suspeita de integrar uma quadrilha de roubo de carros publicou uma foto em seu perfil do Facebook posando com um uniforme da Polícia Militar (PM) do Amapá. A postagem foi feita dias antes de ele ser preso, na quinta-feira (1º), de acordo com a Polícia Civil. Na imagem, o rapaz se descreve como "gostoso" e está inclinado para o lado direito com as duas mãos sobre o joelho. A corregedoria da PM informou que o modelo de farda usado na publicação não é mais utilizado no estado e que ainda não há como identificar a origem da vestimenta.

"Ficamos sabendo sobre esse caso após a prisão do suspeito. Ele disse que foi uma brincadeira que ele fez mas ainda não investigamos isso. Se houver uma comunicação oficial, será uma delegacia responsável por esse tipo de caso que fará a investigação", frisou o delegado Neuton Abreu, da Polícia Interestadual (Polinter), responsável pela prisão da quadrilha.
O corregedor-geral da PM, Coronel Carlos Souza, explica que não há identificação na farda usada na foto. Ele ressalta que o modelo de uniforme não é utilizado pelos policiais do Amapá há 6 meses.
Rapaz é suspeito de participar de quadrilha de roubos de carros (Foto: Reprodução/ TV Amapá)
Rapaz é suspeito de participar de quadrilha de
roubo de carros (Foto: Reprodução/ TV Amapá)
"Nós hoje utilizamos modelos com manga longa, este ainda é manga curta. São mais de 3 mil policiais no estado que descartaram esse modelo de uniforme, é difícil descobrir a origem desse fardamento sem nenhuma identificação na imagem. Um policial pode ter descartado e uma empregada levado a farda, são muitas hipóteses. O que sabemos hoje é que esse suspeito não é parente de nenhum militar", destacou.
O jovem foi preso dentro da casa onde mora em Macapá. Além dele, mais dois homens foram presos por suspeita de participação na quadrilha que, segundo a Polícia Civil, roubou ao menos seis carros na capital só em 2013. Todos os veículos tinham a mesma cor e modelo.

POSTAGEM FOI FEITA ANTES DO JOVEM SER PRESO EM MACAPÁ PELA POLÍCIA CIVIL.
POLÍCIA MILITAR DIZ QUE NÃO HÁ COMO IDENTIFICAR ORIGEM DO UNIFORME.


Fonte: G1