Destaques

terça-feira, 19 de agosto de 2014

SWAT invade casa de vovó depois de vizinho usar Wi-Fi para trollar polícia

A SWAT arrebentou portas e janelas para invadir a casa (Reprodução / Vídeo)
A SWAT arrebentou portas e janelas para invadir a casa (Reprodução / Vídeo)
Uma equipe da SWAT realizou uma incursão violenta na casa de uma vovó suspeita de emitir ameaças contra a polícia. Em um vídeo chocante, os agentes são filmados arrebentando portas e janelas e entrando na propriedade de Louise Milan, 68 anos, depois que alguém usou a sua conexão de internet sem fio para fazer ameaças online contra os policias.
No entanto, quando descobriram que o responsável foi um vizinho que pegou carona na sua rede desprotegida da senhora sem permissão, os oficiais ficaram envergonhados.
O incidente aconteceu em Indiana, nos Estados Unidos, na residência onde Louise vive há três décadas com o marido e criou os seus seis filhos. No momento da ação a senhora estava em casa com a sua filha adotiva de 18 anos, Stephanie Milan, e desceu as escadas correndo quando ouviu um som aterrorizante vindo da sala, onde a menina estava. “Ela disse que pensou que o mundo tinha chegado ao fim quando ouviu o segundo estrondo”, disse a jovem ao Mirror.
Depois da confusão, a SWAT explicou que o motivo da invasão foi que uma pessoa publicou em um fórum de discussão ofensas sobre a polícia de Evansville, de onde era a equipe. Uma investigação levou até a casa da família Milan através do IP da rede. Mais tarde, foi descoberto que o vizinho Derrick Murray havia acessado a internet sem permissão e, após ser preso pelo FBI, se declarou culpado das acusações. VEJA AO VÍDEO ABAIXO: