Destaques

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Texto de um dos pm's que estava na caçada do infeliz que matou os dois soldados

Texto de um dos pm's que estava na caçada do infeliz que matou os dois pm's:
Então a caçada chegou ao fim.
Ter pego esse verme, não vai trazer nossos companheiros de volta,
Porém o que eu vi nessas 18 horas de perseguição foi um exmplo de união e companherismo jamais visto,
vi equipes dobrarem de serviço, equipes de folga
policias de chuteira e colete, policiais de chinelo, policias de carro particular ajudando nas buscas,
Eu vi Policia Civil , eu vi PRF eu vi Guarda Municipal
Eu vi Policia Federal!
Eu via gente que nunca tinha visto ou falado, me chamando de irmão me oferendo água
me ajudando nas buscas.
Eu vi tenentes , capitães , major e até um coronel auxiliando na busca.
O cara pode ser o caveira que for, mas 18 horas meu amigo dentro de um mato, baixa a moral de qualquer um.
E sempre vinha alguém pra te animar ou você animava alguém , pq era questão de honra! Era questão de moral.
Por varias vezes me peguei chorando no mato me colocando no lugar dos que haviam tombado, não só eu como sargentos tenentes e toda a tropa.
E isso me animava a ir mais longe.
A superar o mato alto, as cercas, os espinhos, os cortes nas mãos isso não tinha importância. O importante era pegar o maldito, o verme, o traíra que atira pelas costas e rezar pra que ele confrontasse a equipe.
Foram horas afio, minutos intermináveis e ali eu vi pq ser policial é diferente de tudo que existe,
Eu vi um companheirismo jamais visto, eu via um clã , uma equipe uma força, uma familia.
não importando a cor da farda ou as letras ali eram todos policiais.
Ali era a força de Deus todo poderoso avançando sobre o mal.
Ali eram irmãos de guerra,
Ali eram heróis,
Ali eram policiais!
Era eu,
Era você,
Era o Araújo
Era o Fonseca.   By msg via watts

*fonte blog da renata