Destaques

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Conheça as propostas de Aécio e Dilma para a internet

Conheça as propostas de Aécio e Dilma para a internet
Nesse domingo, 5, ocorreu o primeiro turno das Eleições no Brasil. No próximo dia 26, Aécio Neves e Dilma Rousseff dividirão as urnas novamente para a escolha de presidente do País. Mas afinal, quais são as propostas deles para a internet?
O tema foi pouco (ou nada) explorado nos debates televisivos e na propaganda política, apesar de o setor ter vivido fatos recentes importantes como o Marco Civil e o escândalo de espionagem da NSA.
Confira abaixo os planos de governo dos dois candidatos acerca da internet:
Aécio Neves
O tucano Aécio Neves promete universalizar o acesso a internet e aumentar sua infraestrutura. O candidato afirma que “o acesso à comunicação digital é altamente estimulante à participação e colaboração no âmbito das redes sociais” e que, portanto, seu governo estimulará iniciativas de produção do conhecimento em rede.
Além disso, o candidato do PSDB pretende oferecer acesso de qualidade e “com custo compatível, garantindo o acesso gratuito quando necessário”, especialmente para atividades ligadas à inclusão e âmbito social.
No que diz respeito à juventude, Aécio prevê a criação um portal exclusivo e “amplo” para jovens que “estimule o diálogo e o debate e ofereça informações relevantes” para o segmento da população.
Crianças e adolescentes são contemplados no plano de governo dentro das escolas, com a proposta de melhoria do acesso à internet. Neves prevê a modernização de equipamentos escolares e adição de computadores com internet e conexão Wi-Fi “acessível a todo estudante”.
Por fim, Aécio Neves diz que temas como “controle da internet” e “guerra cibernética” seriam discutidos pelo Brasil em organizações internacionais.
Dilma Rousseff
A presidente promete ampliar as medidas tomadas em seu primeiro mandato caso seja reeleita. Uma delas é o Governo Digital, portal do governo de transparência. “Por meio do Governo Digital, vamos utilizar cada vez mais a internet para que o cidadão acompanhe, com facilidade e transparência, a destinação dos recursos públicos”, diz oplano do governo.
A universalização da internet também é um dos pontos propostos por Dilma. A candidata do PT fala em serviço de internet “barato, rápido e seguro” que será obtido pela expansão da infraestrutura de fibras óticas e “equipamentos de última geração”.
Em relação ao Marco Civil, a candidata considera o projeto “um dos mais avançados do mundo” e garante sua implementação num eventual novo mandato. “Nosso Marco Civil dá aos usuários garantias fundamentais como a liberdade de expressão, o respeito aos direitos humanos e à privacidade do cidadãos, assegurando a neutralidade da rede frente a interesses comerciais ou de qualquer espécie”, defende.
Dilma Rousseff ainda promete proteger a internet, proposta impulsionada pelo escândalo da invasão de dados pela NSA (Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos), em 2013. “Queremos construir igualmente mecanismos que protejam todas as formas de comunicação – a internet, em particular – assegurando a privacidade da cidadania, das empresas e dos Governos”, afirma o documento.
Fonte: Olhar Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.