Destaques

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Conheça a tropa brasileira que está entre as mais mortais do Mundo

O Grupamento de Mergulhadores de Combate (GRUMEC) é a tropa de elite da Marinha do Brasil. O GRUMEC tem uma doutrina e forma operacional semelhante a dos Navy Seals, dos Estados Unidos. Dentre as funções do GRUMEC estão a de se infiltrar sem ser percebido, reconhecer áreas de litoral e sabotar e destruir forças inimigas. Suas especialidades também abrangem a Guerra não-convencional, o que se assemelha a tropa americana.
O GRUMEC foi criado em 1974 e é subordinado à Força de Submarinos, que também é seu principal meio de transporte. Geralmente os soldados se locomovem em um bote ligado a um submarino por uma corda que os deixa perto do alvo a ser atacado. Também podem se aproximar do alvo saltando de paraquedas ou por meio de helicóptero.
O curso de formação de soldados do GRUMEC é prioritários para integrantes da marinha. Lá recebem especialização para lidarem com explosivos, equipamentos de mergulho, guerra não-convencional, tiro de precisão, dentre outros. Cada soldado formado pelo GRUMEC é especialista em diversos assuntos, sendo assim soldados multifuncionais.
O curso é dividido em duas etapas. para Oficiais, existe o CAMECO – Curso de Aperfeiçoamento de Mergulhador de Combate para Oficiais, com duração de 41 semanas, divididas em quatro fases e uma fase zero.
Para Praças, existe o C-ESP-MEC – Curso Especial de Mergulhadores de Combate, com duração de 32 semanas, com as mesmas atividades instrucionais do CAMECO, exceto a fase zero.
Após completar sua formação o soldado é designado para o GRUMEC onde recebe um aperfeiçoamento e estágio em diversas áreas como Desativação de Artefatos Explosivos (DAE), Curso Básico de Paraquedista Militar, Mestre de Salto, Salto Livre, Mestre de Salto Livre, Precursor Paraquedista, Dobragem e Manutenção de Paraquedas e Suprimentos pelo ar (DOMPSA), Estágio Básico de Montanhismo, Curso de Operações na Selva, Estágio de Operações no Pantanal, Estágio de Caçador, dentre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.