Destaques

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Polícia Civil abre inquérito para investigar morte do DJ Paulinho

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o assassinato de João Paulo de Moura Rocha, o DJ Paulinho, de 27 anos, baleado na porta de casa na noite de segunda-feira. 

De acordo com a assessoria de imprensa do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), o inquérito foi aberto nesta terça-feira e a investigação está a cargo do delegado Marcelo Manna, da Delegacia de Homicídios de Venda Nova. Ainda segundo a Polícia Civil, o corpo de Paulinho deve ser liberado do Instituto Médico Legal (IML) por volta das 13h para que a família providencie o funeral. A cerimônia está marcada para as 15h, no Cemitério Bosque da Esperança, Região Norte de BH.
De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime aconteceu pouco depois das 20h no Bairro Santa Mônica, na Região de Venda Nova. Testemunhas disseram que o funkeiro estava descarregando objetos de uma caminhonete, na Rua Olavo Bilac, quando foi surpreendido pelos criminosos, que estavam em uma moto vermelha.

Paulinho foi atingido por nove disparos, efetuados pelo garupa, sendo seis na cabeça. A dupla fugiu logo em seguida. Ainda de acordo com a PM, consta no boletim de ocorrência que câmeras de segurança de imóveis perto do local podem ter registrado o crime.

O DJ não tinha passagens pela polícia. Testemunhas suspeitam que Paulinho foi executado por estar se envolvendo com a mulher de um traficante, o que não foi confirmado pela PM. Conhecidos disseram que o artista não tinha envolvimento com drogas e era uma pessoa tranquila. Por esses motivos, eles acreditam na hipótese de motivação passional. 

REPERCUSSÃO DJ Paulinho vinha fazendo sucesso no mundo do funk. Somente nesse fim de semana ele fez quatro apresentações. No sábado o funkeiro esteve em Lavras, no Sul de Minas, e no domingo se apresentou em três casas noturnas na capital. 

O DJ tem muitos seguidores na internet. A página oficial dele no Facebook soma mais de 23 mil curtidas. Fãs e amigos comentaram nas redes sociais sobre a morte do DJ. A internauta Michelle Danthali escreveu: “Tive com ele antes de ontem. Show da hora aqui em lavras... Obrigado Paulinho pela nossa foto. Saudades mil”. Outro fã comentou: "O cara mandava tão bem no funk, tão jovem com a vida inteira pela frente, poxa vida". 

Até as 15h desta terça-feira, “DJ Paulinho” estava nos Trending Topics, lista dos assuntos mais comentados no Twitter no Brasil. 
Confira a abertura de uma das apresentações do DJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.