Destaques

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

A funcionária da PBH foi atingida por uma bala de borracha em confusão envolvendo policiais durante uma operação contra o transporte clandestino no Centro de BH

Os guardas munipais que estavam na praça da rodoviária se juntaram a outros e fecharam o cruzamento da Praça Sete em todos os sentidos com motos e viaturas por volta das 18h. Além de protestar contra a abordagem dos militares, os servidores aproveitaram ainda para reclamar das condições de trabalho da categoria. A principal reinvidicação está relacionada à proibição do uso de arma de fogo. 

Depois de ocupar o cruzamento por cerca de duas horas, os servidores saíram em caminhada até o Ceflan, no Bairro Floresta, onde a ocorrência está sendo encerrrada. Militares do Batalhão de Choque da PM já estão posicionados na porta da Central de Flagrantes para evitar novo confronto.

A concentração de guardas na porta da Central de Flagrantes chegou ao fim por volta das 22h30, após uma reunião dos agentes com a delegada responsável pelo boletim de ocorrência, um representante da guarda e o sindicato da categoria. Nenhuma confusão foi registrada na porta da delegacia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.