Destaques

domingo, 18 de janeiro de 2015

Condenado por tráfico na Indonésia, brasileiro Marco Archer é executado


"EM MEU PAÍS, TRAFICANTE NÃO FICA RICO, NÃO VIRA CELEBRIDADE NEM SEGUE A CARREIRA POLÍTICA."
(JOKO WIDODO - PRESIDENTE DA INDONÉSIA)

TÁ DADO O RECADO.
 Dona Dilma quer fazer média ou comover os brasileiros,
 com seus falsos apelos de cunho meramente emotivo.
 Ora, todo mundo sabe que as leis foram feitas para 
serem cumpridas, alguns países seguem fielmente as leis 
como o mais avançado país do mundo, os Estados Unidos 
onde a Lei está acima doo mandatários; outros países,
 no entanto, as leis são simplesmente descumpridas, caso 
do Brasil onde somente vai preso quem não tiver 
bons advogados e dinheiro para gastar com eles.
     
     O trânsito no Brasil ceifa milhares de vida, todos os 
anos, muitos motivados pelas péssimas condições de 
estradas, falta de infraestrutura, mas isto não a preocupa,
 não é presidenta? Morrem milhares de brasileiros por 
absoluta falta de bom atendimento hospitalar, de hospitais 
bem equipados, de médicos especializados em 
serviços públicos, mas isso também não é 
relevante. Importante mesmo é impressionar o povo 
com pedidos esdrúxulos de clemência a quem cometeu
 o inominável crime de distribuir drogas para viciar 
novos usuários e destruir famílias e toda a sociedade, 
como fazem centenas de traficantes neste país do futebol
 e do carnaval.
     Faz um "google" sobre drogas, senhora presidente, e verás 
a destruição e mortes que elas causam.
     Conclui-se que salvar um brasileiro tem muito 
mais comoção, aos olhos da mídia, do que os milhares 
que desaparecem no anonimato. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.