Destaques

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Com salário de R$ 17 mil, deputados de MG aprovam auxílio-moradia

Quatro dias depois de tomarem posse, os deputados estaduais de Minas Gerais aprovaram nesta quinta-feira (5) um projeto que garante a volta do pagamento do auxílio-moradia para todos os parlamentares, mesmo para aqueles que têm casa na capital. A votação foi em 1º turno, e ainda não há data definida para o 2º turno.
Os políticos recebem, hoje, um salário liquido de R$ 17.165,33, fora os “penduricalhos”, já o valor do benefício é de R$ 2.850. O texto ainda inclui verba indenizatória – que custeia as despesas dos gabinetes – de R$ 20 mil, inclusive para deputados que estão licenciados.
Foi uma tarde de muita discussão na terceira reunião do ano da nova legislatura. A mesa diretora apresentou o projeto de resolução com as mudanças nos benefícios dos deputados.

Parlamentares ainda aprovaram verba indenizatória para licenciados.
Votação foi em 1º turno, para começar a valer, basta aprovação em 2º turno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.