Destaques

domingo, 22 de março de 2015

ESSE É O VÍDEO MAIS EMOCIONANTE QUE VOCÊ IRÁ ASSISTIR HOJE EM COMBATE AO RACISMO

Vídeo bacana feito na Lituânia sobre o Racismo, tradução a pedido do meu amigo Budah do Uhull.com.br

O que você faria se uma pessoa negra te pedisse para traduzir um texto para que ele pudesse entender pois não conhece a língua e esse texto fosse de conteúdo racista contra ele?

Uma falsa seleção para um comercial de TV coloca alguns lituanos nessa situação ao traduzir um texto racista para um negro que pediu isso por supostamente não entender muito bem a língua do país.

Parceria: http://www.Uhull.com.br
Foi Ayn Rand quem definiu o racismo como a forma mais grotesca de coletivismo.
“O racismo é a forma mais baixa e mais cruelmente primitiva de coletivismo. É a noção de atribuir significado moral, social ou político à linhagem genética de um homem – é a noção de que os traços caracterizadores e intelectuais de um homem são produzidos e transmitidos por sua química corporal interna. O que quer dizer, na prática, que um homem deve ser julgado, não por sua índole ou ações, mas pelas índoles e ações de um coletivo de antepassados.”
Para combater essa estúpida ideia que divide as pessoas em categorias independentemente de quem elas sejam e do que elas façam, o site lituânio svetimageda.lt lançou uma campanha em vídeo. Nela, um homem negro em uma sala de espera de um suposto teste de seleção de atores, pede para que o ilustre desconhecido sentado ao seu lado traduza uma mensagem em lituânio que ele recebeu em seu Facebook.
O homem, que diz não dominar o idioma local por ter chegado no país há poucas semanas, é na verdade um ator. As reações às mensagens racistas são as mais diversas possíveis.
No Dia Internacional contra a Discriminação Racial, celebrado no dia 21 de março em referência ao Massacre de Sharpeville, que aconteceu na África do Sul em 1960, esse é o vídeo mais emocionante que você irá assistir em combate ao racismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.