Destaques

terça-feira, 31 de março de 2015

PM de folga é executado com cinco tiros no Piauí

O cabo da Polícia Militar Raimundo Nonato Cunha dos Santos (foto ao lado), lotado em Luzilândia, região norte do Piauí, foi executado com cinco tiros por volta das 20 horas de ontem (30). O PM estava de folga quando foi atingido pelos disparos efetuados por dois homens que estavam em uma motocicleta. Os suspeitos já chegaram atirando e empreenderam fuga após o crime. Raimundo Cunha não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
Segundo o comandante de policiamento do interior, coronel Paulo de Tarso, o policial percebeu que estava sendo perseguido e procurou refúgio na casa de uma conhecida. Nesse momento, houve os disparos. “Quando ele percebeu que estava sendo perseguido, tentou entrar na casa da mulher que fornece quentinha para os policiais da cidade. Nesse instante, ele recebeu os disparos”, detalha. O coronel completa dizendo que não há dúvidas de que o crime se trata de uma execução.
A polícia aposta que o crime tenha sido motivado por vingança, pois o policial era muito atuante na cidade. De acordo com o subcomandante do policiamento do interior, tenente coronel Antoni Soares, o cabo Cunha recebia várias ameaças. "Os acusados de terem praticado o crime são de Luzilândia e já ameaçavam o PM há algum tempo", declara.
Uma terceira pessoa que teria planejado o crime foi presa e está detida na Delegacia do município. "Com essa prisão, estaremos mais perto de encontrar os assassinos", aposta o tenente coronel Antoni. A dupla que efetuou os disparos, porém, segue sem ser identificada. A polícia faz diligências na área a fim de localizar os bandidos.
piaui,policial,crime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.