Destaques

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Mano Brown é preso após discutir com policiais durante blitz

A Polícia Militar informou que o carro do cantor Mano Brown, modelo Jetta, soma mais de R$ 10 mil em multas e documentações atrasados. O rapper foi detido na tarde de segunda-feira (6) por desacato a autoridade. 
Ele foi abordado na avenida Carlos Caldeira Filho, em Campo Limpo. No boletim de ocorrência, os policiais disseram que o veículo do cantor foi parado por estar com insulfilm escuro. Durante a abordagem, Brown disse "Não ponha a mão em mim" e negou-se a colocar as mãos na cabeça quando foi pedido que ele descesse do carro, por isso acabou detido. 
Mano Brown, integrante dos Racionais MC’s, foi detido em São Paulo depois de ter furado uma blitz da polícia militar, no bairro do Campo Limpo, Zona Sul da cidade.

“Ele furou o bloqueio e tentou fugir. Já tivemos problemas anteriores, ele chegou a reclamar de abordagens policiais dizendo que isso é racismo. Nesse caso, acabou levando ao extremo. Os policias estavam fazendo o trabalho deles. Não houve agressão física [por parte de Mano Brown], somente verbal. A tendência é que seja indiciado por esses crimes, que o veículo seja apreendido e que ele seja colocado em liberdade”, disse o coronel da PM Pedro Cesar Macera.
Segundo a Polícia Militar, os policiais o abordaram na Rua Carlos Caldeira Filho por volta das 16 horas. Ele teria tentado escapar da blitz e foi detido por desobediência, desacato e resistência à prisão.

Brown já se envolveu em um episódio de desacato, em 2004, quando foi detido por tentar agredir policiais. Em 2009, foi detido e logo liberado após uma confusão nas arquibancadas do Estádio do Pacaembu, em São Paulo, durante um jogo entre o Santos e o Corinthians.
  • VEICULO COM VÁRIAS MULTAS SEM PAGAR
  • CNH VENCIDA DESDE 2012
  • IPVA  ATRASADO DESDE 2012
  • NÃO RESPEITOU A ABORDAGEM POLICIAL


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.