Destaques

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Soldados da PM envolvidos em troca de tiros prestam depoimentos


Três policiais militares envolvidos em uma confusão na noite de terça-feira, que terminou com uma investigadora da Polícia Civil baleada e o marido dela morto, foram ouvidos durante a madrugada desta quarta-feira e ainda prestam esclarecimentos nesta manhã ao delegado Harley Alencar no Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

De acordo com o comandante do 41º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Willian Jaques Rodrigues, os PMs deram depoimento na condição de autores do homicídio do proprietário de uma oficina mecânica, Filipe Sales, e tentativa de homicídio da policial Fabiana Aparecida Sales, lotada na Delegacia de Ibirité. A Corregedoria da PM está acompanhando as apurações e de acordo com o tenente-coronel, será aberta uma sindicância na corporação para apurar os fatos, além do inquérito instaurado pela Polícia Civil.
O caso gerou grande mobilização de policiais civil e militares na região. O helicóptero da PM deu apoio à ocorrência enquanto os fatos ainda eram apurados e as informações estavam desencontradas. Fabiana foi socorrida para o Hospital Julia Kubitschek, onde permanece internada depois de passar por cirurgia. Ela ainda não foi ouvida. O corpo do marido foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de BH. A perícia da Polícia Civil constatou que ele foi atingido por um tiro no abdômen, três na coxa esquerda e quatro nas costas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.