Destaques

quarta-feira, 6 de maio de 2015

BH:Sindicato se reúne com PBH e espera conseguir uso de arma para GMs

"Eu sempre sou otimista, minha expectativa é de que tenha um acerto", afirmou o presidente do sindicato, Israel Arimar.
Nesta manhã, cerca de 600 servidores estão em passeata, da avenida dos Andradas até a sede da prefeitura, na avenida Afonso Pena. O trânsito é lento no centro da capital, devido ao deslocamento do grupo, conforme a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans). A principal reivindicação da categoria é pelo armamento dos servidores, que acreditam desenvolver atividade semelhado a dos policiais militares.
A reivindicação da Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH) por porte de armas letais pela corporação veio novamente à tona, após a confusão entre os agentes da prefeitura e policiais militares, em janeiro deste ano, quando uma guarda foi baleada no rosto. Desde sua formação, em 2003, a GMBH solicita que os guardas tenham porte de arma, e em 2005 a prefeitura chegou a comprar 500 armas, que atualmente estão guardadas em um deposito da Polícia Militar.
Assembleia geral
Ao mesmo tempo, representantes das demais categorias dos serviços municipais realizam assembleia, na praça da Estação para definirem um posicionamento sobre a campanha salarial 2015. A proposta foi apresenta à prefeitura há dez dias e nenhuma medida foi tomada até então

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.