Destaques

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

MG:Os agentes penitenciários e socioeducativos passam a receber mais que soldados e investigadores

No “apagar das luzes”, aproveitando as festas de carnaval, no dia 4/2/2016, o Governo editou uma deliberação CPGE, concedendo o auxílio-refeição a todos os servidores públicos, com exceção destas três categorias.

Os agentes penitenciários e socioeducativos, efetivos e contratados, ao receberem este auxílio-refeição, passam a receber salários maiores do que os soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, como também dos investigadores e escrivães da Polícia Civil.
Defendo que todos tenham que receber este auxílio, mas destaco que aqueles que “ficaram de fora” também trabalham mais de seis horas por dia. Desta forma, não há nenhum argumento para que o Governo exclua tais categorias.
"Deputado Sargento Rodrigues" leia mais aqui 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.