Destaques

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

MG:Crimes contra policiais revelam riscos da profissão

Na guerra do bem contra o mal, muitos agentes de segurança pública, em serviço ou de folga, acabam perdendo a vida tentando proteger a população. Outros acabam matando. Nas últimas semanas, houve vítimas de ambas as partes. Levantamento feito pelo Estado de Minas mostra que somente nos meses de setembro e outubro deste ano ao menos seis agentes de segurança, entre policiais civis e militares, foram mortos e quatro ficaram feridos.

Em São João del-Rei, no Campo das Vertentes, a população viveu momentos de terror na noite de sábado (veja vídeo abaixo). Quatro bandidos armados entraram em um supermercado do Bairro Fábricas com o objetivo de roubar o estabelecimento e fizeram oito pessoas reféns durante a ação. No momento em que a Polícia Militar chegou no local, houve troca de tiros e dois policiais foram baleados, além de um dos criminosos. Os quatro foram presos depois de intensa negociação para liberar os reféns.

Três policiais militares ficaram feridos em duas ocorrências em Minas entre o fim da noite de sábado e a manhã deste domingo. Dois deles foram baleados e um atacado a golpes de foice. As ocorrências reacendem o alerta para os riscos de uma profissão que sempre esteve na mira dos bandidos, em meio ao fogo cruzado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.