Destaques do Blog ►

sábado, 7 de dezembro de 2019

Grupo cerca, atira e mata policial militar em Alagoas

Um grupo cercou, atirou e matou o integrante da Polícia Militar de Alagoas, o subtenente Mozart Batista da Silva, 50 anos, assassinado com mais de dez tiros na noite dessa sexta-feira (6), quando estava próximo à casa da companheira, no bairro Jardim Petrópolis.

Parentes informaram que Mozart estava morando no bairro há cerca de cinco meses, não tinha inimigos e pode ter sido assassinado por ser policial militar.  Criminosos da região descobriram que ele atuava na PM após verem a farda de Mozart na varanda da residência.

A localidade é considerada crítica pelos casos de violência registrados. 

Segundo a equipe plantonista, de quatro a seis homens participaram do crime, possivelmente utilizaram mais de uma arma de fogo e estavam à espera da vítima.

Equipe do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM) fez os primeiros levantamentos do caso, acompanhado também pelos policiais civis plantonistas da Delegacia de Homicídios. Mozart era lotado na Academia de Polícia Militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião acerca da publicação acima.